Logomarca IETEC

Buscar no TecHoje

Preencha o campo abaixo para realizar sua busca

:: Gestão de Projetos

Déficit de gestores de projetos chegará a 50 mil em 5 anos

Diário do Comércio

Os números dizem muito sobre o futuro da gestão de projetos no Brasil. Atualmente, o país depende de projetos e desfruta de uma economia local que nunca criou tantos empregos, mas não consegue ter profissionais qualificados suficientes. Segundo levantamento do PMI Brasil - Project Management Institute, o déficit de mão de obra na área de gestão de projetos chegará a 50 mil profissionais qualificados em 5 anos.

A falta de pessoal pode acarretar problemas graves como atrasos nos prazos de entrega, queda na qualidade, aumento dos custos e insatisfação do pessoal envolvido, fator que eleva a rotatividade de profissionais e faz com que a empresa volte a uma das mais difíceis fases do projeto: encontrar o profissional adequado para integrá-lo.

A pesquisa "Maturidade Brasil 2010", coordenada por Darci Prado, apresenta resultados com relação à maturidade em gerenciamento de projetos e demonstra que o nível de maturidade contribui diretamente para a obtenção de sucesso nos resultados do negócio. Em uma escala de 1 a 5, a pesquisa mostra que a maturidade média das empresas brasileiras alcançou 2,61. O resultado mostra que o país tem muito a evoluir para atingir o nível ideal, que é representado por somente 1% das empresas.

Visando analisar a importância da formação de profissionais de gestão de projetos, o Instituto de Educação Tecnológica (Ietec) vai realizar, nos dias 13 e 14 de julho, o 14º Seminário Nacional de Gestão de Projetos. O evento será sediado no centro de convenções do Hotel Mercure, em Belo Horizonte, e será composto por 21 palestras, ministradas por profissionais renomados de várias organizações, como: Siemens, Fiat Group (explicitar as empresas mesmo: Fiat e Comau), Gerdau, Reta Engenharia, Mascarenhas Basbosa Roscoe Construções, V&M do Brasil, Construtora Even (acrescentar a Concremat, Energ Power e Devex), entre outras.

Dentre os palestrantes está o presidente do PMI-MG, Ivo Michalick, que durante sua palestra irá ressaltar a importância em desenvolver as habilidades de liderança, negociação e comunicação. "Considero as três habilidades abordadas na palestra as mais importantes habilidades interpessoais que um gestor de projetos pode ter, pois ele tem a função de integrador entre as diferentes áreas de uma empresa", completa Michalick.

A qualificação dos profissionais de projetos é fator fundamental para o sucesso das empresas. Segundo o presidente do PMI-MG, o profissional da área não precisa ter conhecimento técnico do que é produzido pela empresa, porém, é fundamental que ele entenda o negócio. "O que não pode faltar é a qualificação na área. Os cursos são fundamentais para que as melhores práticas sejam discutidas e compreendidas.  importante que os alunos entendam que ao final de um bom treinamento, os gerentes de projetos serão capazes de avaliar e escolher as melhores técnicas a serem aplicadas em cada caso", conclui.


Palestrantes - O presidente da Mascarenhas Barbosa Roscoe Construções e do Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado de Minas Gerais (Sinduscon-MG), Luiz Fernando Pires, também participará do Seminário. O palestrante acredita que é imprescindível a atuação do gerenciamento de projetos em uma organização, seja ela pequena ou grande. "Com a concorrência cada vez mais intensa entre as empresas, o setor estratégico se tornou fundamental para a elaboração de técnicas de planejamento realmente eficientes. Com a presença de um bom gerenciamento, os diferenciais aparecem e o sucesso se torna ainda mais presente nos projetos e planos", comenta.

Já a sócia-diretora da Véli Soluções em RH, Lizete Araújo, outra palestrante do seminário, vai discutir diversos temas relacionados à ascensão do profissional de gestão de projetos aos níveis estratégicos, além de relacionar os mais variados papéis do RH com a obtenção de bons resultados em uma gestão, como por exemplo, o fato de promover e dar suporte aos gestores do processo estabelecido na organização. "As empresas têm como meta construir equipes inovadoras e, quando falamos em equipes, estamos nos referindo a um grupo organizado, que possui objetivos comuns e que consiga dialogar com todos os setores da organização."

Destinado a profissionais de nível superior, gestores e profissionais de alta gerência de empresas e organizações de todos os segmentos e setores, o seminário tem como objetivo envolver conceitos e estudos de casos de diversos temas, além de promover a compreensão das bases e diretrizes que levam à estruturação de um processo de gestão de sucesso. Inscrições e informações: (31) 3116-1000.


 

Indique este artigo a um amigo

Indique o artigo