Logomarca IETEC

Buscar no TecHoje

Preencha o campo abaixo para realizar sua busca

Importância da utilização de análise de falha para performance da manutenção industrial

Josimar Nunes Timóteo

 Pós-graduado em Engenharia de Manutenção pelo Ietec.

RESUMO

A necessidade de redução de custos em uma organização é um fator vital para a sobrevivência de uma empresa em um setor competitivo. E um caminho bastante produtivo é buscar ferramentas que possam auxiliá-las na constante melhoria de seus processos, e existem varias metodologias e métodos com a finalidade de se melhorar a eficiência e eficácia da atividade operacional. A aplicação das técnicas de analise de falhas é uma das ferramentas, principais para minimizar o impacto sobre o funcionamento dos equipamentos visando à melhoria no resultado, eliminando a reincidências de falhas e aumentando a sua confiabilidade, entregando aos clientes produtos livres de erros com uma boa qualidade. O objetivo deste artigo é mostrar a importância da aplicação da analise de falhas no desempenho da manutenção industrial, utilizando como exemplo uma falha em um sistema de refrigeração. Em uma usinagem no setor automobilístico. 

Palavras-chave: Analise de falha.

INTRODUÇÃO

Para uma empresa se tornar competitiva no mercado a eficiência e eficácia devem ser sempre almejadas a fim de obter um bom desempenho para buscar os objetivos, ao se entregar aos clientes produtos livres de erros, confiáveis, em menor tempo, com menor custo e possuir um processo flexível. Dessa forma, as organizações estão sempre buscando ferramentas que possam auxiliá-las na constante melhoria de seus processos e existem varias metodologias e métodos com a finalidade de se melhorar eficiência e eficácia da atividade operacional. Esses métodos se diferem em como essa melhoria será alcançada e implantada e até mesmo no que melhorar. Para a obtenção do aumento da confiabilidade dos equipamentos instalados nas plantas industriais é imprescindível à utilização de técnicas de análise de falhas, aplicando ferramentas como o 5W+1H e o método dos cinco porquês, Quando a manutenção, através de seu pessoal ou em grupos multidisciplinares utiliza essas ferramentas, está praticando Engenharia de Manutenção. Essas técnicas, basicamente, identificam a causa do problema, sugerem uma ação de bloqueio e solução dos problemas que impactam negativamente a confiabilidade de equipamentos ou instalações. 

Baixe o PDF desta matéria

 

 

Indique este artigo a um amigo

Indique o artigo