Logomarca IETEC

Buscar no TecHoje

Preencha o campo abaixo para realizar sua busca

:: Meio Ambiente

O perfil multidisciplinar do profissional da área de Meio Ambiente

Comunicação Ietec

 

O interesse do mercado por empresas responsáveis cresce cada vez mais. Os investidores passaram a analisar as companhias com mais critério, e uma gestão baseada na sustentabilidade tem sido vista com bons olhos. Sendo assim, a partir do momento em que a sustentabilidade caiu nas graças dos investidores, todos os colaboradores de uma empresa devem ter conhecimento sobre como obter uma gestão ambiental eficiente.
 
Segundo a pesquisa "Investors Opinion Survey", da McKinsey & Co. (2000), em parceria com o Banco Mundial, os investidores estariam dispostos a pagar entre 18% e 28% a mais por ações de empresas que adotam melhores práticas de administração e transparência.Outros números mais recentes confirmam o interesse dos investidores em fundos socialmente responsáveis. De acordo com a associação Social Invest, o montante destinado a esses fundos atingiu US$ 2,29 bilhões.
 
A doutora e engenheira ambiental, Rita de Cássia Soares Santos, ressalta que o meio ambiente é uma área multidisciplinar e deixou de ser especialidade para se tornar um assunto de consciência global. “Nos cursos de pós-graduação na área ambiental, percebemos a presença de administradores, engenheiros, advogados, jornalistas. A questão ambiental vem atraindo cada vez mais profissionais de áreas distintas”, comenta a doutora que também é coordenadora dos cursos de pós-graduação em Engenharia Ambiental e Gestão Ambiental Empresarial do Instituto de Educação Tecnológica (Ietec). 
 
A formação multidisciplinar pode ser apontada como um dos critérios que compõe o perfil do profissional que atual na área de meio ambiente. No Ietec, 43% dos alunos que optaram pelos cursos Engenharia Ambiental Integrada e Gestão Ambiental Empresarial são da área de Engenharia; 12,6% são administradores; e 8,8% são biólogos. As três áreas de formação que mais demandam cursos na instituição.
 
Hamilton Matias dos Santos, formado em administração da logística e supervisor de logística da Sotrec, conclui recentemente uma pós-graduado em Gestão Ambiental Empresarial: “Dentro da empresa tínhamos dúvidas em relação ao que fazer com os resíduos. Então, a própria empresa financiou um curso de pós-graduação em Gestão Ambiental Empresarial para eu fazer”. E Hamilton comemora: “Implementei aqui na empresa tudo que aprendi na pós e agora nossa empresa mais parece uma fábrica de alimentos de tão limpa”, brinca.
 
O engenheiro da Orteng MCD, Ronaldo Café Morati, também se especializou em Gestão Ambiental Empresarial e recebeu da empresa uma bolsa com a metade do curso pago. “Atualmente todas as áreas de uma empresa são interligadas e por isso profissionais de outras áreas estão buscando conhecimento sobre gestão ambiental. Após o curso consigo entender melhor as questões ambientais presentes na indústria”, comenta Ronaldo.
 
Conclui-se, portanto, que o atual mercado de trabalho, diante das demandas ambientais, exige cada vez mais dos profissionais não apenas um novo posicionamento neste cenário, mas, sobretudo, formação acadêmica multidisciplinar.

 

Indique este artigo a um amigo

Indique o artigo