Logomarca IETEC

Buscar no TecHoje

Preencha o campo abaixo para realizar sua busca

Portfólio

Um padrão para a Gestão de Portfólio

José Ignácio Jaeger Neto

Gerente de Projetos da PROCERGS com 30 anos de experiência na área. É certificado PMP – Project Management Professional pelo PMI – Project Management Institute, membro fundador do PMI-RS.
 

Gestão de portfólio de projetos pode ser definida como “a arte e a ciência de aplicar um conjunto de conhecimentos, habilidades, ferramentas e técnicas ao conjunto de projetos de uma organização como forma de atender ou exceder as necessidades e expectativas da direção na gestão estratégica dos investimentos da empresa”. Para isto, é necessário manter um nível adequado de equilíbrio em relação aos critérios táticos e estratégicos usados nas políticas de prioridades dos projetos.

Um portfólio é uma coleção de projetos ou programas que são agrupados para facilitar uma gestão mais eficaz destes empreendimentos como forma de atender os objetivos estratégicos de negócios da organização. Os projetos ou programas em um portfólio não necessariamente devem ser interdependentes ou estarem diretamente relacionados. Os recursos e suporte necessários aos itens de um portfólio podem ser atribuídos de acordo com os riscos/rendimentos envolvidos, linhas de negócios específicas ou alguns grupos gerais de projetos, tais como projetos de infra-estrutura ou processos internos de melhoria. As organizações controlam seu portfólio de acordo com objetivos específicos.

Um objetivo da gestão de portfólio é maximizar o valor dos itens do portfólio, através da avaliação detalhada de projetos e de programas candidatos à inclusão no portfólio, e da exclusão oportuna dos projetos que não estão de acordo com os objetivos estratégicos do portfólio. Outro objetivo é obter um equilíbrio adequado do portfólio, incluindo investimentos incrementais e radicais, além da maximização e uso eficiente dos recursos. Os executivos ou equipes de alta gerência são, normalmente, os principais responsáveis pela gestão de portfólio de projetos da organização.

Tipicamente as organizações empregam a gestão de portfólio de projetos como forma de maximizar o valor dos projetos em relação aos objetivos da organização, tais como: rentabilidade dos projetos; riscos associados aos projetos (alto/baixo); tempo de duração (curto/longo); importância dos clientes (estratégica/financeira); e alinhamento com as estratégias de negócios.

Atendendo a estes objetivos, a gestão de portfólio de projetos oferece benefícios para a tomada de decisão baseada em informações estratégicas e prioridades, ao contrário da escolha de opções de acordo com as necessidades do momento. Esta prática pode também reduzir o desperdício causado pela alocação ineficiente de recursos ou a duplicação de esforços em projetos e empreendimento similares, bem como prover um processo racional e concreto para justificativa das decisões sobre projetos.

A gestão de portfólio pode também oferecer um repositório de informações sobre projetos, permitindo o acompanhamento e a auditoria do andamento e resultados dos projetos, facilitando a captura das lições aprendidas com as decisões estratégicas adotadas no passado.

O gerenciamento de projeto continua crescendo e cada vez mais as organizações vêem o valor da disciplina no suporte do sucesso da estratégia organizacional. Paralelamente, e assistindo a esta tendência, está o crescimento da biblioteca de padrões globais do PMI – Project Management Institute. As organizações investem no seu futuro através de iniciativas como programas e projetos, organizados em portfólios, os quais buscam alcançar objetivos estratégicos e fornecer benefícios aos “stakeholders”. Projetos, programas e portfólios são os meios para se atingir metas e resultados organizacionais.

O uso de processos de gerenciamento de portfólio e as habilidades de trabalho para a equipe de gerenciamento de portfólio são importantes métodos para fazer uma ligação entre a estratégia corporativa e a operação organizacional. Reconhecendo esta necessidade, o PMI publicou o The Standard for Portfolio Management. Este novo padrão fornece processos e ferramentas para auxiliar equipes de gerenciamento de portfólio alcançarem objetivos e metas organizacionais.

O padrão para gerenciamento de portfólio endereça o processo de gerenciamento de portfólio, um método-chave para criação e execução efetiva de “frameworks” para governança corporativa. O padrão global provê um guia para aqueles processos que são geralmente reconhecidos como boas práticas em gerenciamento de portfólio, focados no gerenciamento de portfólio e suas ligações com as disciplinas de gerenciamento de projetos e de programas.

Em paralelo ao crescimento da profissão de gerenciamento de projeto, a disciplina de gerenciamento de portfólio está ganhando importância como meio de ajudar as organizações a focar não somente no “fazer certo o trabalho”, mas também no “fazer o trabalho certo”. Ainda, por todos os setores da indústria, os praticantes de gerenciamento de projeto têm operado sem um documento único que contemple o conjunto de processos que represente as melhores práticas reconhecidas em gerenciamento de portfólio.

Com o The Standard for Portfolio Management, os gerentes de portfólio e suas equipes têm um recurso para ajudá-los no desenvolvimento profissional a obter sucesso tanto pessoalmente quanto para suas organizações. Dentro da organização, um portfólio representa uma coleção ativa de programas, projetos e outros trabalhos, sob a responsabilidade de ajudar a organização a alcançar os objetivos estratégicos. Em essência, um portfólio reflete as prioridades da organização para seus investimentos e alocação de recursos. O gerenciamento de portfólio é um gerenciamento centralizado de um ou mais portfólios para alcançar objetivos estratégicos de negócio.

Indique este artigo a um amigo

Indique o artigo