Logomarca IETEC

Buscar no TecHoje

Preencha o campo abaixo para realizar sua busca

:: Especial

Gestão de Projetos e TI: garantia de bons resultados

Comunicação Ietec

Necessidade de gerenciar custos, criação de uma agenda de tarefas, alocação de recursos, análise de riscos, organização das equipes. Estes são alguns dos aspectos fundamentais que interagem com os processos de criação, elaboração e execução de projetos da área de TI.

A forte demanda pela padronização dos processos estimula gestores e profissionais de TI a investirem no uso da metodologia de Gestão de Projetos em seus negócios. Com isto, a área já é a que mais emprega os conceitos de GP em seus negócios (47%), ficando atrás apenas de Engenharia (66%), de acordo com pesquisa realizada pelo Ietec, em junho de 2008.

Outras pesquisas confirmam a aderência da metodologia nas rotinas de TI. Estudo elaborado pela Dynamic Markets, em parceria com a Tata Consultancy Service (TCS), afirma que 69% das 800 maiores empresas de TI da Europa e Ásia continuarão a investir em gerenciamento de projetos.

Com isto, siglas tradicionais da área de TI, que traduzem as diversas certificações profissionais da área, disputam espaço com outras provenientes da área de projetos. A certificação PMP – Project Management Professional é uma delas.

Para a consultora da área de TI da Datamec, Ione Silva, o uso da metodologia de Gestão de Projetos não é apenas uma tendência. É uma realidade que impõe principalmente aos profissionais de TI um novo reposicionamento nas empresas: “As organizações buscam investir em colaboradores que sejam capazes de se orientar para os melhores resultados e que desenvolvam projetos com segurança”.

Não restam dúvidas de que o mercado demanda hoje profissionais com bom conhecimento técnico que, além de dominar suas funções habituais, também estão preparados para lidar com a complexidade que envolve o ambiente de projeto. É o que afirma o mestre em Engenharia da Produção e coordenador da pós-graduação Gestão de Projetos do Ietec, o PMP Clênio Senra.

“Garantir a qualidade e os prazos acordados, manter o orçamento dentro dos limites aprovados, identificar e mitigar riscos, além de implementar um processo de comunicação eficaz para o projeto, são alguns dos requisitos necessários. Por isso tudo, ainda é escasso os profissionais com este perfil”, afirma Senra.

Desafios

Na opinião do diretor de serviços da Totvs-MG, Cléber Piçarro, TI é uma das áreas que mais tem se beneficiado com a aplicação da metodologia de projetos no seu dia a dia. Mas destaca dois importantes desafios do setor em relação à adoção de GP em seus negócios.

O primeiro deles se refere ao fator humano que, para Piçarro, é o maior desafio da área de TI na aplicação da metodologia. “Pessoas podem tanto ser o diferencial a favor de um projeto como contra. A metodologia garante uma regularidade na execução das tarefas mais críticas. Em prestação de serviços isto é importantíssimo”, afirma.

Outro aspecto destacado pelo diretor é o posicionamento de gestores da área de TI quanto à aplicação do gerenciamento de projetos em seus negócios: “Acho que temos que amadurecer em vários aspectos críticos da metodologia. Segmentos mais maduros como os da Construção Civil, as Telecomunicações e Facilities devem ser os parâmetros de aplicação da metodologia para qualquer profissional de TI”, explica Piçarro.

Desta forma, podemos concluir que o uso da metodologia de Gestão de Projetos, em sintonia com as demandas da área de TI, é capaz de garantir bons resultados aos negócios. O desafio para os profissionais, portanto, é se preparem para garantir que esta parceria seja plenamente eficaz.

Indique este artigo a um amigo

Indique o artigo