Logomarca IETEC

Buscar no TecHoje

Preencha o campo abaixo para realizar sua busca

:: Gestão e Tecnologia Industrial

Encontre o ponto de equilíbrio entre TI, gestão e estratégia de negócios

John P. Roberts

Gartner

Fonte: Revista Info

A contribuição das áreas de TI para o desempenho dos negócios só poderá ser maximizada quando seu valor para a gestão estiver claro - e quando a TI entregar uma boa execução. Mas para isso é preciso seguir alguns tópicos importantes. Entre eles está a necessidade de aumentar o desempenho da gestão do negócio e de usar a TI para obter dados corretos para a tomada de decisão. Veja como fazer isso.

O que você precisa saber


A contribuição das empresas de TI no desempenho dos negócios somente será maximizada e reconhecida quando todos os acionistas participarem ativamente da gestão, estratégia e valor de distribuição dos negócios através da TI.

Os CIOs consideram o alinhamento com negócios, gestão e planejamento estratégico seus pontos de maior desafio nas corporações. Eles estão procurando um "ponto de equilíbrio" que vai maximizar a contribuição das áreas de TI no desempenho dos negócios. Mas na verdade eles nunca conseguem controlar por completo seu destino profissional, porque os CIOs só conseguem alcançar o sucesso em harmonia com os gerentes dos negócios.

Isso requer trabalho colaborativo na estratégia, gestão e compreensão dos valores dos negócios de TI, além de uma abordagem sistemática para oferecer valor aos negócios
Como ampliar a contribuição, a gestão e a estratégia de compreensão do valordos negócios na área de TI


O sucesso surge quando a gestão, a estratégia e o valor do negócio são altamente desenvolvidos na TI. A obtenção de uma gestão confiável e estratégias efetivas de tecnologia estão vinculadas à visão unificada dos acionistas e participantes de como a TI pode criar o valor do negócio.

Por exemplo: regularmente, os CIOs iniciam um projeto para sanar uma deficiência numa área, como a estratégia de TI, e ignoram as outras. Conseqüentemente, ficam desapontados ao descobrir que não podem "recomprar" tal estratégia, porque os gerentes de negócios não fizeram parte do processo de tomada de decisão (gestão) e que tais gerentes não enxergam que o gasto com a infra-estrutura de TI ou aplicativos especializados deve ser uma prioridade (valor de compreensão) quando eles não possuem fundos suficientes para desenvolver todas as oportunidades em suas áreas de negócios.

Da mesma maneira, os CIOs que estão infelizes com a participação da TI nos negócios e na direção de comitês podem decidir mudar a estrutura da gestão de TI. Mas os gerentes de negócios tendem a se envolver porque possuem questões mais importantes a tratar e não conseguem ver o valor das contribuições da TI.

Isso pode levar a exemplos inadequados de negócios usados no passado em investimentos de TI e a não-implementação futura de métricas de desempenho.

Os CIOs também indicam o alinhamento dos negócios e da TI de maneira regular como uma questão básica. Para fazer isso é preciso ter uma melhor avaliação de como a TI distribui valor aos negócios, maior participação no desenvolvimento estratégico e melhor entendimento da importância crucial da gestão de TI.

Todo CIO está sempre a procura de maneiras de melhorar o desempenho nessas áreas e uma abordagem holística levará a melhores resultados do que iniciativas focadas num único aspecto. A abordagem deve abranger o porquê (do valor de compreensão), qual (a estratégia) e como (gerir) as principais decisões.

• Estratégia de TI integrada com as estratégias dos negócios fornece o roteiro adequado.
• Uma gestão confiável assegura as entradas corretas dos negócios nas decisões estratégicas.
• A compreensão de como a TI contribui para o valor do negócio leva a decisões estratégicas mais ajustadas.

Etapas para melhorar o desempenho


As etapas específicas que podem ser percorridas dependem do ponto de partida, mas geralmente incluem os seguintes tópicos:

1. Ganhar reconhecimento de como a TI contribui para o sucesso do negócio. Embora os "cases" de negócios sejam aplicados universalmente às decisões de investimentos de TI, a qualidade desses "cases" varia muito. Poucas empresas possuem mecanismos adequados para rastrear e relatar o alcance do valor. Se os projetos de TI são reportados apenas em termos de custos, tempo de entrega e produtividade do desenvolvimento, mas sem métricas que identificam as mudanças que os projetos oferecem aos processos de negócios, então a TI continuará sendo um centro de custos. Para ter sucesso, os projetos de TI devem conter mudanças dos negócios, com métricas combinadas e atribuídas como parte dos processos de gestão de TI.

A melhora da compreensão da contribuição do valor da área de TI depende da maturidade da sua gestão e de um consenso sobre a direção da estratégia de TI. Todas essas áreas precisam ser estruturadas juntas para atingir o ponto de equilíbrio.

2. Criar uma estrutura de gestão de TI que estabeleça os mecanismos para efetivar as decisões. Tais decisões podem abranger:

• Princípios e políticas para a utilização da TI por meio dos negócios
• Visão e missão definidas
• Integração dos negócios e das estratégias de TI
• Arquitetura de informações e instruções de tecnologia
• Aplicativos de negócios (investimento e suporte, infra-estrutura de TI), investimentos e serviços
• Segurança e gerenciamento de risco da TI
• Serviços compartilhados de TI, níveis de serviço e métricas de desempenho
• Distribuição de custos e charge back
• Alcance do valor do negócio com a TI
• Reuniões de conselho e direção de comitês
• Designação de proprietário, responsabilidade final e administradores
• Revisões de implementações futuras
• Compatibilidade com as políticas

A gestão de TI é um problema porque ela envolve invariavelmente o gerenciamento por um comitê e os comitês são notórios por terem muitas agendas. Os comitês são os locais onde o poder e a influência são aplicados em vários graus de habilidade e comprometimento.

A gestão de TI precisa ser vista no contexto de valor para o negócio, estabelecendo as estratégias de TI que contribuem para as estratégias dos negócios.

3. Criar um roteiro de estratégia de TI que priorize os investimentos. Essas decisões de investimentos são mais fáceis de serem tomadas se houver um plano de estratégia sólido vigente. Uma estratégia de TI que represente simplesmente uma lista de supostos objetivos do projeto de diversas unidades de negócios será ineficaz. De modo crescente, existe a necessidade de uma visão integrada de toda a empresa, porque cada processo de negócio e seus dados associados possui mais interconexões com outros processos, especialmente à medida que avançamos em direção a RTE (empresa em tempo real).

As estratégias efetivas de TI não podem ser criadas sem a integração com as estratégias coerentes de negócios.

Colocar essas oportunidades num plano estratégico e prioritário de TI depende de uma gestão efetiva, assim como da implementação bem-sucedida de tais estratégias. O valor do negócio somente será alcançado a partir dos investimentos em TI se houver objetivos claros de desempenho e responsabilidade final para atingir esses objetivos.

4. Construir credibilidade ao comunicar o avanço do progresso e planejar melhorias. Solicitar o feedback dos acionistas sobre suas percepções a respeito do desempenho de TI. Sem a credibilidade da área de TI, as organizações acham difícil explorar o valor máximo da tecnologia e a capacidade de suportar estratégias, que são imperativas cruciais dos negócios. Os custos da TI são explícitos, mas o valor que a TI oferece pode ser difícil de definir e quantificar. O valor da TI está embutido numa quantidade incontável de processos de negócios e atividades e é alcançado quando: os processos dos negócios são conduzidos de maneira mais confiável, rápida e com custos baixos; quando os inventários são controlados adequadamente ocorre o aumento da receita; o tempo para o mercado é reduzido e a informação correta é disponibilizada no momento certo para a pessoa certa, permitindo a tomada de decisões mais corretas. A aplicação da TI cria o valor do negócio, que é uma responsabilidade de gerenciamento que exige a gestão efetiva da TI além de negócios integrados/estratégias da empresa de TI.

Encontrar o ponto de equilíbrio exige uma abordagem balanceada. Alcançar a perfeição é praticamente impossível, mas trabalhar harmoniosamente com um espírito de melhoria contínua em áreas estratégicas de TI, gestão e compreensão das contribuições do valor do negócio da TI ajudará a oferecer melhores resultados.
Regras táticas

• Aumentar o desempenho do negócio integrando estratégia, gestão e contribuição do valor da área de TI, no lugar de tratar essas iniciativas isoladamente.
• Usar a gestão de TI para obter os dados corretos para tomar decisões, usar a estratégia de TI para criar o roteiro de decisões futuras e usar um entendimento aprimorado das contribuições do valor do negócio para maximizar os resultados.

Indique este artigo a um amigo

Indique o artigo