Logomarca IETEC

Buscar no TecHoje

Preencha o campo abaixo para realizar sua busca

:: Gestão de Projetos

Prepare-se para crescer no pós-crise

Cinthia Coelho

Revista Ietec nº 26 :: Junho/Agosto 2009

Transformar oscilações do mercado em oportunidades. Esta é a principal e uma das mais urgentes demandas no atual cenário econômico. Neste contexto, gestores e profissionais precisam ter em mãos uma abordagem estruturada de seus projetos que garanta redução de custos, adequação aos prazos, garantia de qualidade e resultados.

Para o mestre em Engenharia de Produção e coordenador dos cursos da área de Projetos do Ietec, o PMP Clênio Senra de Oliveira, a metodologia de Gestão de Projetos é hoje o grande diferencial do mercado. “Empresas que já possuem uma metodologia de implantação de projetos certamente terão mais facilidade para enfrentar crises”, garante.

Mas alcançar esta eficiência implica em saber como utilizar a metodologia. O 12º Seminário Nacional de Gestão de Projetos, promovido pelo Ietec, que acontecerá em Belo Horizonte, nos dias 7 e 8 de julho, em Belo Horizonte, será uma oportunidade para que gestores e especialistas apresentem e compartilhem experiências e tendências para a área de Gestão de Projetos.

“O evento pretende discutir a importância da gestão de projetos para a superação deste momento de crise”, explica Senra que coordenará o encontro ao lado do mestre em Gerenciamento de Projetos pela USP e fundador do PMI-MG e PMI Brasil, João Carlos Boyadjian, e do instrutor do Ietec, Ivo Michalick.

Os desafios da Gestão de Projetos

O não cumprimento de cronogramas, problemas de comunicação e de escopo. Estas são as três maiores deficiências no gerenciamento de projetos, de acordo com pesquisa Ietec, realizada em 2008. Para Paulo Villamarim, professor da Fundação Dom Cabral, e um dos palestrantes do evento, estes seriam sintomas de um posicionamento deficiente do líder de projetos.

“Não há solução mágica: o líder precisa discutir a sua visão, estabelecer metas, focar em resultados, ouvir a equipe, transformar erros em aprendizagem e gerir conflitos”, afirma Villamarim.

O presidente da Vallourec & Sumitomo (VSB), Otávio Sanábio, está à frente hoje do projeto de construção de uma usina em Jeceaba, interior de Minas Gerais. O posicionamento do líder aliado a uma equipe motivada e altamente qualificada prevaleceu para o andamento do projeto.

“Até o momento, conseguimos superar todos os desafios pelo qual nos deparamos. Estamos atravessando este momento sem interferências no projeto”, garante Sanábio que fará a abertura do seminário.

PMO eficiente: sinônimo de bons negócios

Processos bem estruturados são importantes para as empresas enfrentarem crises e oscilações de demanda. O PMO -  Project Management Office, ou escritório de projetos, se destaca como alternativa para a empresa enfrentar os desafios da manutenção dos negócios. O tema será também destaque na programação do Seminário Nacional de Gestão de Projetos.

Na avaliação do diretor de operações da Converteam, Alex Alvarenga, “a aplicação do PMO promove a adoção efetiva e a maturidade dos processos de gestão empresarial”. Esta é também a opinião do consultor de PMO da Vetta Tecnologies, Marco Antônio Yunes que acrescenta: “A tomada de decisão deve vir amparada de dados estratégicos que podem ser mais bem acompanhados quando se tem um PMO”, garante Yunes.

Alex Alvarenga e Marco Antônio Yunes serão um dos palestrantes a tratar dos benefícios e desafios na implantação de um PMO.

Projetos alinhados aos negócios

Uma característica comum à maioria das empresas que apresentam crescimento constante é o grande número de projetos realizados simultaneamente. “Gestão de Programas e Portfolios” será um dos painéis do evento.

O Gestor do Escritório de Projetos e consultor do Portfolio Management da ArcelorMittal Sistemas, Andrei Bosco, será um dos palestrantes. “A gestão agregada desses elementos visa obter coerência, controlabilidade e sinergia que seriam impossíveis se os projetos estivessem separados”, explica.

Governança Corporativa

A administração do gerenciamento de projetos na administração pública ganha importância em um ambiente de crise. É o que afirma o Secretário de Estado de Gerenciamento de Projetos do Governo do Espírito Santo, Enio Bergoli, que participará do painel “Projetos em Sinergia com a Governança Corporativa”.

Para ele, a Gestão de Projetos evita desperdícios e otimiza recursos disponíveis. A redução de custos, a melhoria da qualidade dos serviços são compromissos éticos que a gestão pública deve possuir. De acordo com Bergoli, estes foram os motivos que levaram a atual gestão a implantar este tipo de secretaria.

“Atualmente, cerca de 65% dos recursos investidos pelo Governo são monitorados intensivamente, em tempo real. Para se ter uma idéia, em 2008, conseguimos investir 95% dos recursos programados inicialmente nos projetos prioritários”, explica o secretário.
 

Indique este artigo a um amigo

Indique o artigo