Logomarca IETEC

Buscar no TecHoje

Preencha o campo abaixo para realizar sua busca

:: RH

Conhecimento: o diferencial no mercado de trabalho

Cinthia Coelho

Revista Ietec nº 26 Junho/Agosto de 2009

Há bem pouco tempo atrás, o profissional preparado para competir no mercado de trabalho era aquele que tinha uma graduação e o conhecimento específico para ser aplicado em sua função. A experiência profissional descrita no currículo era considerada um diferencial que o colocava à frente dos demais. Exigências que não fazem mais parte do contexto atual.

Hoje os mercados operam em uma escala de enorme complexidade. Isto exige uma nova postura, uma visão sempre atualizada e a busca constante de novos conhecimentos e competência.

Para ser competitivo hoje é necessário saber aliar conhecimento com aplicabilidade. Destaca-se hoje o profissional que busca soluções inovadoras e eficientes para os negócios da organização. Que possui uma visão ampla da empresa e do seu trabalho através de um conhecimento global o que o torna um multiespecialista.

Investir numa formação multidisciplinar é questão de sobrevivência no mercado. Para a consultora e instrutora do Ietec, Soraya Gervásio, no desenvolvimento de um projeto, o multiespecialista consegue definir estimativas mais claras do objetivo a ser atingido, das etapas do trabalho e de toda a inter-relação com os demais setores e disciplinas técnicas.

“Ele inclusive consegue projetar melhor a estimativa e gestão dos riscos, o que facilita o cumprimento de prazos e critérios de qualidade e garante a satisfação das partes e a rentabilidade do negócio. Antes, dizia-se que tempo era dinheiro, e dinheiro hoje é competência”, ressalta Gervásio.

Para a mestra em Criatividade, consultora organizacional e professora, Terezinha Araújo, o contexto atual dos mercados não absorve mais o profissional cujo conhecimento é fragmentado: “Hoje sabemos da importância da visão sistêmica. É ela que nos ajuda a vivenciar mais as interligações dos vários aspectos e a enxergar as coisas em seu todo ao invés de só as partes”, explica.

Pós-Graduação como diferencial

A diretoria executiva do Grupo Catho, Lizete Araújo, aponta a educação continuada como pré-requisito para o posicionamento que o profissional precisa e para a eficiência que as empresas buscam: “A velocidade com que novas tecnologias se integram no ambiente de trabalho, as necessidades de interferências técnicas e gerenciais para solução de novos problemas exigem que o profissional busque constantemente formas de atualização”, explica.

Pesquisa realizada pelo Grupo Catho mostra que empresas de grande porte têm menos espaço para profissionais com menos escolaridade e uma maior concentração de colaboradores com cursos de pós-graduação em cargos estratégicos. “Investir em programas de pós-graduação e MBA tem sido um fator importante para habilitar o profissional a assumir cargos diferenciados na organização”, garante Araújo.

Para o analista de RH da Precon Industrial, Reinaldo de Melo Silva, o profissional multicompetente, com habilidades gerencias, inteligência emocional e visão sistêmica é o alvo preferencial das empresas na hora de contratar. Para ele, profissionais com esse perfil adaptam-se melhor às constantes mudanças no cenário e, conseqüentemente, às estratégias das organizações.

Vale destacar que o profissional não deve se preocupar apenas com a titulação, mas que considere a aplicação do aprendizado no dia a dia de suas atividades. Este aspecto é que será decisivo para a sua evolução profissional. Na opinião do gerente de operações da Montplan, as perspectivas após a conclusão do MBA são as melhores possíveis: “É inegável o crescimento profissional que adquirimos com a educação continuada. A cada dia estou mais preparado e mais seguro para os desafios do mercado”, garante.

No novo cenário imposto pelo mercado de trabalho, que valoriza multiconteúdos e multiespecialistas, investir na capacitação é, sem dúvida, a melhor opção para quem busca estabilidade e valorização profissional. Nos dias de hoje, é a educação um diferencial competitivo essencial.
 

Indique este artigo a um amigo

Indique o artigo