Logomarca IETEC

Buscar no TecHoje

Preencha o campo abaixo para realizar sua busca

Gestão

Entrevista com Paulo Pianez - Diretor de Sustentabilidade do Carrefour

Lúcia Chayb

Diretora da ECO 21

Paulo Pianez é Economista e Mestre em Qualidade e Estatística pela Unicamp. Como Diretor de Sustentabilidade do Carrefour Brasil é o responsável por tornar esse grupo uma referência no moderno mercado varejista do Brasil quanto à saúde, segurança do consumidor e proteção ambiental. Para isso, trabalha vários eixos de compromisso: respeito ao meio ambiente com foco na diminuição dos impactos de Efeito Estufa, preservação dos recursos naturais, gestão e redução dos resíduos, preservação da qualidade e da disponibilidade da água e preservação da biodiversidade; além da qualidade e segurança de clientes, funcionários e produtos. Segundo Paulo, o desenvolvimento econômico e social compreende o respeito pelos fornecedores, o envolvimento da economia local, a motivação dos colaboradores e a satisfação dos clientes. Antes de chegar ao Carrefour, Paulo Pianez foi Diretor de Qualidade e Relacionamento com clientes do BankBoston e Superintendente de Satisfação e Retenção de Clientes do Grupo Santander Brasil.

De que forma o Carrefour está apoiando a campanha Saco é um Saco?

O incentivo ao consumo responsável de sacolas plásticas faz parte da política do Carrefour de apoio ao desenvolvimento sustentável. Nesse sentido, o Carrefour apóia a campanha Saco é um Saco, promovendo uma série de iniciativas que visam à redução das sacolas plásticas, tais como: oferta e estímulo à adoção da sacola reutilizável; disponibilização de poupa-sacolas nos caixas, instrumento que permite a retirada de apenas uma sacola por vez; eco-caixa, que são recipientes colocados juntos ao caixa, onde os clientes podem descartar embalagens recicláveis na própria loja, diminuindo assim o volume de compras e por fim, a melhoria na qualidade das sacolas, proporcionando o aumento da capacidade de carga e evitando a necessidade de sobreposição de mais sacolas.
Para consolidar ainda mais esse apoio, o Carrefour patrocinou o desenvolvimento do portal www.sacoeumsaco.com.br, destinado a difundir a campanha entre formadores de opinião e internautas em geral. As páginas trazem dicas de como reduzir o consumo de sacolas plásticas, oferece downloads informativos, quiz sobre cuidados com o meio ambiente e hábitos saudáveis, além de notícias e fotos.
Nas lojas, a Rádio Carrefour – que está presente em 163 unidades, entre as bandeiras Carrefour e Carrefour Bairro, e recebe a visita de mais de 1 milhão de pessoas diariamente – difunde mensagens de sensibilização e conscientização da importância de se evitar o uso excessivo de sacolas plásticas.

As experiências em outros países onde o Grupo Carrefour tem representação podem ser replicadas no Brasil?

O Grupo Carrefour foi uma das primeiras empresas no mundo a entender a importância de tornar suas lojas em um pólo multiplicador de boas práticas para o consumo consciente. Na França, por exemplo, as empresas ainda têm o direito de distribuir gratuitamente as sacolas plásticas. Porém, em 2006, o Carrefour interrompeu a distribuição gratuita das sacolas plásticas em seus hipermercados, em uma iniciativa pioneira. A ação foi sustentada por uma grande campanha de conscientização, realizada em parceria com a WWF. Além de uma forte comunicação nas lojas, voluntários da entidade realizam ações para explicar a razão pela qual o grupo não oferece mais essa opção. As filiais do Carrefour de outros países, como Polônia, Espanha e China, também já trabalham ativamente por esta causa.

Em que países o Grupo Carrefour já aboliu o uso das sacolas plásticas?

Na França, Espanha, Bélgica, Taiwan e China.

Após transportar mercadoria comprada no supermercado, as sacolas plásticas geralmente são utilizadas para acondicionar lixo doméstico; quais alternativas o Grupo propõe ou oferece para seus clientes?

A necessidade de uma expressiva diminuição no consumo de sacolas plásticas é definitiva, tendendo com o tempo à eliminação da distribuição gratuita, como é o atual modelo. Isso porque já é consenso o impacto ambiental causado quando o uso é indiscriminado. Dessa forma, todos nós temos um desafio que é construir um novo padrão de consciência do impacto do nosso consumo no planeta. O atual hábito que temos com as sacolas plásticas faz parte desse contexto. Nesse sentido, à medida que cada cidadão procura destinar adequadamente seus recicláveis, mais especificamente os materiais plásticos, teremos matéria-prima suficiente a um custo viável para fabricação de sacos de lixo de material reciclado a um preço bastante acessível. É bom para o consumidor, pois o coloca nesse novo padrão sustentável de consumo e melhor ainda para garantir o futuro do nosso planeta. É nessa linha que o Carrefour vem trabalhando no Brasil e no mundo, com o objetivo de garantir o desenvolvimento sustentável.

O Grupo Carrefour pretende que suas instalações sejam sustentáveis. Quais são as fontes energéticas e tecnologias adotadas nesse sentido no Brasil? Qual o procedimento com relação à água, material utilizado para construção e montagens?

Sim. Nas lojas já existentes, o Carrefour vem implantando sistemas e tecnologias mais eficientes, diminuindo sensivelmente o consumo dos recursos naturais, tais como energia, gás e água. Presente já em 95 lojas, o parque de iluminação com as lâmpadas T5 com refletor de alumínio aumentou a eficiência na iluminação e proporcionou uma economia de até 45% de energia elétrica. Implantou sensores de presença, timers e fotocélulas, automatizando o desligamento de áreas quando não utilizadas. Nas gôndolas e balcões refrigerados foram instaladas cortinas noturnas que preservam o frio, reduzindo o consumo de energia. Para a diminuição no consumo de água, o Carrefour vem implantando sistemas de captação de água de chuva, reuso e torneiras com controle de pressão e vazão. As novas lojas já nascem com os itens anteriores mais pisos que permitem maior permeabilidade da água, cobertura com telhas zenitais, privilegiando a iluminação natural, entalpia - sistema que aproveita a temperatura externa para baixar a interna, sistema de lavagem de piso com espuma biodegradável que economiza até 95% de água e modernos sistemas de condicionamento de ar mais eficientes.

Qual o destino dado pelo Grupo aos seus próprios resíduos? Existe um acompanhamento? O controle das embalagens e outros resíduos merecem atenção especial por parte da empresa?

Todos os resíduos recicláveis gerados nas lojas recebem um destino adequado. Para os resíduos orgânicos que apresentam uma complexidade maior na destinação adequada, o Carrefour vem estabelecendo parcerias com empresas que detém tecnologias para compostagem. Hoje o Carrefour mantém um programa piloto de compostagem em 8 lojas na região de Campinas e à medida que são identificadas empresas aptas em outras regiões, o programa é estendido. Para um adequado acompanhamento, o Carrefour mantém um sistema de metas e de indicadores de desempenho da sustentabilidade. Dentre eles, existem dois indicadores específicos para medir a performance dos recicláveis na loja, recicláveis para os clientes e resíduos orgânicos. Para os clientes, o Carrefour vem implantando em todas as suas lojas estações de coleta de reciclagem em parceria com importantes empresas como TetraPak, Johnson & Johnson, CSN/Abeaço e Coca-Cola. Até o final de 2010 todos os hipermercados terão estações de reciclagem instaladas.

Qual o procedimento quanto aos produtos que perdem a validade?

O Carrefour mantém um grupo especial de profissionais nas suas lojas que garante a permanência segura de produtos dentro da validade nas suas gôndolas. Esses profissionais retiram os produtos que estão por vencer diariamente, garantindo a segurança do consumidor. Após serem retirados das gôndolas com um prazo seguro, esses produtos são descartados adequadamente, de acordo com suas características. Para os recicláveis, por exemplo, há a destinação para as cooperativas de reciclagem. Para garantir a menor perda possível e, portanto, evitar o desperdício, é mantido um avançado sistema parametrizado de acordo com o histórico de vendas de cada produto em cada uma das lojas. Esse é também um item fundamental para diminuir a geração de resíduos nas lojas e, mais importante, é uma ação concreta de gestão responsável e sustentável da operação.

As medidas socioambientais adotadas pelo Grupo no Brasil se localizam em algumas cidades ou fazem parte de um projeto nacional de gestão?

As ações fazem parte de um programa de amplitude nacional chamado "Carrefour e Você por um Mundo Melhor". Este programa acontece em todas as lojas e tem como principal atributo promoção do consumo consciente para os consumidores das lojas.

Poderia dar uma breve informação sobre as ações socioambientais do Carrefour no Brasil?

No programa "Carrefour e você por um mundo melhor", o Carrefour compartilha as suas iniciativas com os consumidores, convidando-os a adotar uma nova postura mais sustentável no ato de consumir. O Programa abrange todas as ações fundamentais dos três pilares da sustentabilidade social, ambiental e econômico, estruturado nos 5 C's da sustentabilidade Carrefour - Consumidor, Comunidade, Colaborador, Cadeia e Clima. Para cada um deles, são desenvolvidos projetos que vão da gestão mais eficiente de recursos às ações sociais que visam melhorar a qualidade de vida das comunidades do entorno das lojas.

Indique este artigo a um amigo

Indique o artigo