Logomarca IETEC

Buscar no TecHoje

Preencha o campo abaixo para realizar sua busca

:: Gestão e Tecnologia Industrial

Inovação tecnológica e sustentabilidade na Usiminas

Darcton Policarpo Damião

Diretor de Pesquisa e Inovação da Usiminas

Revista Ietec - no. 31 - maio/junho de 2010

O desenvolvimento sustentável de uma nação é função do equilíbrio alcançado nos âmbitos econômico, social e ambiental. Embora não seja um conceito que enseje grandes debates atualmente pode-se dizer que, até bem pouco tempo, essas três dimensões eram consideradas simultaneamente incompatíveis.

O conceito de desenvolvimento foi durante muito tempo sinônimo de pujança econômica. A incorporação da dimensão social passou a se fazer presente nas chamadas ‘civilizações maduras’, em função da demanda pela distribuição da riqueza gerada. A rápida evolução experimentada no bojo do binômio economia -  sociedade por essas civilizações, entretanto, provocou impactos indeléveis ao meio ambiente, como é amplamente reconhecido hoje em dia.

A conjunção de avanços tecnológicos com a explosão demográfica trouxe ao termo ‘desenvolvimento’ o seu principal componente de insustentabilidade. A noção de que as gerações futuras seriam incapazes de desfrutar dos avanços econômicos e sociais, arduamente conquistados, fez aumentar a sensação de fragilidade do homem diante da natureza.

A crescente compreensão dessa fragilidade permitiu cunhar o termo ‘desenvolvimento sustentável’, muitas vezes atribuído à causa ambientalista pelas razões expostas. Uma vez mais, coube aos povos mais maduros incorporar primeiramente a dimensão ambiental às outras duas, dado que, via de regra, a atenção às questões ambientais era vista pelos ‘novos entrantes’ como um custo de produção inaceitável.

Diante do consenso criado em torno do esgotamento ambiental verificado em regiões tão distantes quanto distintas, a demanda por empresas sustentáveis se tornou um caminho sem volta. É comum observar em todas as mudanças comportamentais de vulto que as adaptações às novas ordens não constituem tarefa simples – muito menos fácil – e o tempo passa a ter uma importância capital.

Na Usiminas a preocupação com ações ambientais é histórica. Desde 1970, a empresa tem feito consideráveis esforços para o desenvolvimento de tecnologias para o reaproveitamento e a reciclagem de resíduos ou coprodutos gerados nos seus processos produtivos. Agora, ambas as usinas adotam programas de gestão de resíduos alicerçados na redução, reutilização, reciclagem e recuperação. Nos últimos 10 anos a empresa investiu cerca de U$ 336 milhões em gestão e equipamentos para controle ambiental. A substituição de óleo combustível por gás natural diminuiu em 20% o fator de emissão.  Outro exemplo é a utilização de novas caldeiras, mais eficientes, no lugar das caldeiras antigas.

Para os programas estruturados que visam o uso racional dos recursos naturais e a redução de impactos ambientais, a Usiminas envolve colaboradores e comunidades que possam contribuir com essas ações. A aquisição de tecnologias consolidadas e o investimento constante em inovação – seja com recursos próprios de pesquisa e desenvolvimento ou por meio de parcerias com entidades de pesquisa – são pilares fundamentais para o seu desenvolvimento sustentável.

O compromisso da Usiminas com uma atuação sustentável tem sido reconhecido em âmbito internacional. Um dos exemplos é a conquista, em 2009, da certificação de conformidade de sua linha de produtos à Diretiva Europeia RoHS (Restriction of Hazardous Substances) e à End of Life Vehicle Act (ELV), que visam proteger o solo, a água e o ar contra a poluição. Nesse mesmo ano, a companhia recebeu o Selo da Associação Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento das Empresas Inovadoras (Anpei) de empresa inovadora. O selo garante que a companhia possui alto grau de empenho de recursos e pessoal em atividades ligadas a pesquisa e inovação. Também em 2009 a Usiminas passou a figurar, pela primeira vez, no Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da BM&FBOVESPA. O indicador é composto por ações de empresas altamente comprometidas com práticas de sustentabilidade.

Com uma história marcada pela atuação socialmente responsável, a Usiminas consolida uma trajetória que pauta seus relacionamentos pela confiança e parceria. Juntos, empresa e comunidade empreendem uma jornada rumo a um futuro sustentável.





 

Indique este artigo a um amigo

Indique o artigo