Logomarca IETEC

Buscar no TecHoje

Preencha o campo abaixo para realizar sua busca

Gestão e Tecnologia da Informação

Faltam profissionais de TI especializados em projetos

Comunicação Ietec

O bom momento vivenciado pela economia brasileira refletirá positivamente na demanda por profissionais qualificados em Tecnologia da Informação (TI). De acordo com um estudo realizado pela International Data Corporation (IDC), até o final de 2013 pelo menos 2,7 mil novas empresas de TI serão criadas, gerando mais de 1 milhão de oportunidades de trabalho.

Apesar da boa notícia, a escassez de mão de obra qualificada ainda é o principal entrave do setor, conforme afirmam especialistas da área. Com relação à Gestão de Projetos (GP), fortemente aliada à TI, o cenário é o mesmo. Sobram vagas e faltam profissionais capacitados para gerenciar tanto os projetos já existentes quanto os que irão surgir nos próximos anos.

De acordo com o diretor regional da Totvs MG, Cléber Piçarro, investir em Gestão de Projetos é estar preparado para as mudanças do cotidiano. “Treinamentos em gestão de projetos visam preparar profissionais para um fato comum: o mundo muda o tempo todo. Portanto, temos que responder a estas mudanças de forma eficaz seja com pequenos ajustes na rotina ou com grandes ajustes, os quais também são conhecidas como ‘projetos’. ‘Projeto’ é uma resposta a tudo que muda de forma significativa ao nosso redor”, explica.

Ainda na avaliação do diretor regional, o aumento da demanda por profissionais – tanto de TI quanto de outras áreas – especializados em GP é uma tendência do mercado. Os motivos são muitos. Entre eles, maior comprometimento com o escopo e cumprimento do cronograma, que refletem em benefícios como redução de custos e de riscos, além de outros.

Conhecer as melhores práticas da Gestão de Projetos e estar atento às atualizações do segmento, entretanto, é fundamental para que os objetivos propostos sejam alcançados. Para que o profissional se mantenha o conhecimento atualizado, além dos treinamentos, Piçarro sugere a participação em eventos que discutam as melhores práticas, como o 13º Seminário Nacional de Gestão de Projetos – Novos investimentos, muitos projetos.

Voltado a profissionais da área, o Seminário será realizado nos dias 22 e 23 de junho, no Hotel Mercure Lourdes, em Belo Horizonte. Além do diretor regional da Totvs, diversos especialistas em Gestão de Projetos abordarão assuntos relevantes em palestras divididas em 10 painéis.

A presidente do Project Management Institute Minas Gerais (PMI-MG), Myrza Vasques Chiavegatto, será um dos palestrantes. Segundo ela, debater a GP é essencial para que as empresas possam implantar metodologias de gerenciamento de projetos realmente eficazes.

“A gerência de projetos se apresenta como uma oportunidade de melhoria dos resultados pela aplicação de ferramentas e técnicas. Nesse contexto, os gerentes de projeto estarão em alta demanda, especialmente se eles podem reduzir o tempo de execução e adicionar eficiência. O Seminário de GP do Ietec é uma boa oportunidade de ficar em dia com essas tendências”, comenta Myrza, que além de presidir o capítulo mineiro do PMI é coordenadora Técnica do Plano Diretor de Tecnologia da Informação da Prefeitura de Belo Horizonte (PBH).

De acordo com o diretor regional da Totvs, os temas abordados no Seminário são capazes de aumentar o nível de consciência dos profissionais, tanto os que lidam com projetos diariamente como os que apenas precisam entender do que consiste um projeto. “Participar do Seminário vai permitir que novos profissionais entendam um pouco mais sobre o que ‘significa um projeto’ e descobrir se têm a aptidão para lidar com isso, se aprofundando posteriormente. Em outra ponta, profissionais mais experimentados poderão conhecer tendências e trocar experiência nos temas de maior interesse”, diz.

O Project Manager Latin America da Alert – Serviços de Licenciamento de Sistemas de Informática para a Saúde, Vinícius Debian Braichi Guimarães, concorda. “Já participei do Seminário diversas vezes como ouvinte e posso garantir que o evento é um dos mais ricos do país. Tanto os palestrantes quanto o público têm muita experiência para trocar”.

Palestrantes - Para abordar os temas, nomes de peso foram convidados. No primeiro dia, 22 de junho, realizam palestras o presidente da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (FIEMG), Olavo Machado Júnior; o presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), Paulo Safady Simão; o presidente da Associação Brasileira da Indústria Têxtil (ABIT), Aguinaldo Diniz Filho; o diretor de Engenharia de Produto da FPT Powertrain Technologies na América Latina, João Irineu Medeiros e o gerente de Planejamento e Controle da Diretoria de Empreendimentos da Braskem, Carlos Eduardo Pereira, além de vários outros.

No dia 23, o Seminário Nacional de Gestão de Projetos recebe a diretora de recursos humanos da Iveco Latin America, Ionara Pontes Domingues; a presidente do PMI-MG, Myrza Vasques Chiavegatto; o superintendente de Engenharia da Copasa, Rodrigo Varella Bastos; o gerente de Engenharia e Planejamento da Ferrous Resources do Brasil, Muriel Daniel de Mello Innocentini; o gerente de PMO Solution Center da Unisys/Datamec, Fabrício de Souza Campos e o Project Manager Latin América da Alert, Vinícius Debian Braichi Guimarães, entre outros.

A programação completa do 13º Seminário Nacional de Gestão de Projetos está disponível no site do Seminário
 

Indique este artigo a um amigo

Indique o artigo