Logomarca IETEC

Buscar no TecHoje

Preencha o campo abaixo para realizar sua busca

Profissionais de TI qualificados estão na mira das empresas

Comunicação Ietec


Mesmo em períodos de desaquecimento econômico a falta de profissionais qualificados já assombrava a Tecnologia da Informação (TI). No atual cenário, marcado pela retomada dos investimentos, a escassez de mão-de-obra capacitada é ainda mais intensa.

O motivo é simples. Além de manter os trabalhos já iniciados em dia, as empresas especializadas e os setores de TI das organizações têm que se desdobrar para atender à alta demanda de projetos.

Na ARG, empresa especializada na execução de obras de grande porte, uma das soluções encontradas para driblar a situação é terceirizar alguns serviços enquanto o profissional adequado não é encontrado.

“Após analisar o caso, às vezes julgamos ser melhor terceirizar o trabalho para garantir o cumprimento dos prazos”, afirma o superintendente de TI da empresa e coordenador da pós-graduação em Gestão e Tecnologia da Informação do Ietec, Antônio de Pádua. De acordo com ele, a ARG fica, em média, dois meses em busca de candidatos qualificados.

Assim como Pádua, há dois meses o gerente de TI da Atento – Contact Center, Fabiano Santos, disponibiliza três vagas em sua equipe. Entretanto, preenchê-las não tem sido fácil. “A quantidade de currículos que recebemos é grande. Porém, os candidatos não atendem às nossas necessidades”, comenta.

Devido à baixa oferta de mão-de-obra e ao aquecimento do setor, os salários tendem a subir. Como consequência, os profissionais procuram empregos que ofereçam remuneração mais atrativa.

“Além dos salários, os empregados dão valor a clima interno, investimento em capacitação, benefícios, entre outros fatores. Profissionais bem gerenciados são mais difíceis de serem recrutados por outras empresas”, afirma Santos, que é ex-aluno da pós-graduação em Gestão e Tecnologia da Informação e do MBA em Administração de Projetos do Ietec.

O efeito “dança das cadeiras” também foi citado pelo diretor de TI de uma grande empresa especializada e professor do Ietec, Maurício Martins Anício, como marca do atual cenário. Segundo ele, as organizações não têm medido esforços para conquistar os melhores profissionais.

“As empresas dão muito valor aos profissionais qualificados, com cursos de pós-graduação em instituições reconhecidas. Aqueles que investiram e demonstram interesse em continuar investindo na formação e na carreira são fortes candidatos aos melhores empregos”, conclui.

Pós-graduação - O Ietec está com inscrições abertas para a pós-graduação em Gestão e Tecnologia da Informação, para o MBA em Administração de Projetos com Ênfase em TI, para o MBA em Gestão de Negócios com Ênfase em TI e para o MBA em Gestão e Tecnologia da Informação – único MBA de TI em Minas Gerais classificado entre os melhores do Brasil pelo ranking da Você S/A.
 

Indique este artigo a um amigo

Indique o artigo