Foco na carreira e busca pela excelência profissional

Comunicação Ietec

Um mercado global e altamente competitivo exige que os profissionais tenham foco na carreira e sejam determinados. Anderson Pereira é formado em Administração de Empresas e pós-graduado em Engenharia Logística no Ietec. Quando iniciou o curso, ocupava o cargo de gerente de suprimentos em uma grande construtora, e recebeu uma proposta para o cargo de Purchasing Supervisor na Terex Ritz, empresa que fabrica ferramentas para trabalhos de manutenção em linhas energizadas, seu cargo atual. Para ele, a pós foi uma oportunidade para ampliar seus conhecimentos em temas que eram pouco conhecidos por ele, além de ter sido um canal para o relacionamento com outras referências profissionais.

A realização do curso refletiu de forma positiva no seu trabalho: “Acredito ter contribuído no conhecimento macro, às vezes dominamos extremamente um assunto, mas devemos nos preparar para no mínimo ter capacidade de entender o que se espera da posição que ocupamos, ou área que possamos ser responsáveis.”

De acordo com Anderson, a experiência trocada com os professores e os colegas de turma serviram para impulsionar a carreira. Pensar na carreira em longo prazo, definindo ações a partir do que se deseja para o futuro faz a diferença na busca por melhores posições no mercado de trabalho.

Anderson Pereira, Purchasing Supervisor na Terex Ritz

Segundo Anderson, é necessário definir aonde se quer chegar, e escolher algo que traga satisfação pessoal: “Defina um horizonte e escolha o curso que se encaixe no mesmo, fazer o que gosta deixa de ser trabalho.” Foi assim que ele começou. Preocupado com o desenvolvimento profissional desde cedo, aos 14 anos começou a trabalhar como menor aprendiz numa multinacional.

Ele atuava no controle de produção PCP (planejamento e controle de produção) onde teve os primeiros contatos com a informática. Hoje, colhe os frutos do tempo dedicado à formação profissional.

David Vianna, analista e Gestor Ambiental da Petrobrás

O engenheiro químico David Vianna Trabalha há 13 anos como analista e gestor ambiental e decidiu cursar a pós-graduação em Engenharia Ambiental Integrada no Ietec para buscar atualização na área e também para ter uma oportunidade de, no futuro, dar aulas de química ambiental. Segundo ele, o curso ajudou a ampliar seus conhecimentos sobre gestão ambiental: “Acho que estou dando mais importância aos sistemas de gestão ambiental. Não só pelo que vimos em sala de aula, mas também por ver meus colegas com os mesmos desafios da manutenção de um SGA - Sistema de Gestão Ambiental.”

Ele já atuou em várias indústrias dos setores de plásticos, especialidades químicas e saneamento, e hoje é coordenador ambiental na Usina Termelétrica Aureliano Chaves, uma unidade do Gás & Energia / Petrobras. David percebeu o quanto a qualificação se tornou indispensável ao conversar com seus colegas de sala: “A discussão mais interessante no meu curso foi justamente saber qual curso cada um faria depois. Foi uma surpresa para mim. Agradeço muito aos meus colegas.”

O interesse no aperfeiçoamento constante foi comprovado na pesquisa Evolução de Carreiras com alunos do Ietec, em 2012. Todos manifestaram interesse em realizar outro curso nos próximos 3 anos, sendo que 48% tinham interesse em cursar um MBA, 18% outro curso de aperfeiçoamento não complementar ao curso realizado, 16% outro aperfeiçoamento complementar, e 16% mostraram interesse em cursar um mestrado.

Pesquisa Evolução de Carreira ex-alunos de pós-graduação