TIPOS PSICOLÓGICOS E A IMPORTÂNCIA DA PSICOLOGIA NA GESTÃO DE PROJETOS

Eduardo Luiz Soares Carneiro

 Buscar entender o significado dos é desdobrar para analisar mais detidamente os conceitos, desafios e possibilidades da temática. 

Se as pessoas são o bem mais valioso de uma organização é preciso entendê-las sob diversos aspectos que norteia o ser humano e, destacar os tipos psicológicos propostos por Jung, psiquiatra e psicoterapeuta que fundou a psicologia analítica que de acordo com ele “toda maneira de ver é relativa e todo julgamento de um homem é limitado de antemão pelo seu tipo de personalidade” é compreender as definições que cerceia a pessoa na organização (JUNG, 1975, p. 183 citado por GRINBERG, 2018, p. 93).

Jung (1975) definiu atitudes de personalidade (introversão e extroversão) e funções psíquicas (pensamento, sentimento, sensação e intuição). Jung mostrou que esses processos se combinam para determinar o caráter do indivíduo, regendo parte do seu pensar e agir.Uma vez identificados esses tipos psicológicos é possível aplicá-los na gestão de projetos, alocando os recursos certos para determinada função, extraindo o melhor do recurso e mantendo sempre o mesmo motivado.

Diante do relatado cabe citar a importância da Psicologia que permitirá um olhar diferenciado perante as organizações, tornando peça chave para o sucesso e para potencializar os tipos psicológicos que norteiam estas organizações. Como também é primordial para desenvolver práticas estratégicas para o bom desempenho da organização

Cabe ressaltar que para melhor entendimento sobre a psicologia na gestão de projetos é importante pontuar sobre os desafios e possibilidades da gestão de projetos e estamos diante de organizações que muitas vezes estão confusas diante da realidade da sociedade moderna e deste Mundo VUCA, que exige uma adaptabilidade constante e onde a gestão de projetos deve agir utilizando estratégias que agregue a coletividade das pessoas, buscando a colaboração para alcançar os objetivos necessários. De acordo com Abraham (2019, p.9) “o ambiente VUCA, acrônimo da língua inglesa criado para definir o mundo pós guerra fria e que significa Volátil, Incerto, Complexo e Ambíguo e que retrata a realidade mais fluida que vivemos hoje”.

Desta forma, a psicologia pode ser uma ótima ferramenta para aumentar o desempenho e satisfação das pessoas envolvidas no projeto, já que envolve não só as questões propostas por Jung, como também a forma de gerir tarefas e metas permitindo assim o melhor desempenho fundamentado em conhecimentos teóricos.

Por isso, pontua-se como objetivo geral deste trabalho refletir como os tipos psicológicos e a psicologia atuam na gestão de projetos. Como objetivos específicos:

·         Traçar reflexões gerais sobre os tipos psicológicos;

·         Compreender a atuação da Psicologia no campo organizacional e,

·         Analisar a importância da psicologia na gestão de projetos.

Os capítulos a seguir apresentam uma revisão bibliográfica ligados aos principais aspectos da temática investigada, sendo que o capítulo 2 refere-se ao referencial teórico que compreende os tipos psicológicos: reflexões sobre aspectos importantes para entender o perfil de uma equipe; concepção da psicologia nas organizações que permeia singularidades e elementos importantes, como também refletir sobre os olhares multidisciplinares sobre a gestão de projetos, que dimensiona a importância de uma boa gestão que amplia a visão de mundo da organização.Por último os desafios e possibilidades da psicologia na gestão de projetos. Tudo isto seguido da metodologia que norteia o trabalho e dos resultados e discussão tão importantes para melhor compreensão da temática e as considerações finais que valida todo o trabalho.

Nesse sentido, este trabalho justifica-se pela importância da temática frente à uma gestão responsável que perpassa por entender os tipos psicológicos de cada pessoa envolvido na organização para inspirá-la e como a Psicologia colabora para que haja um equilíbrio perfeito. Não é só traçar o melhor enredo é engajar pessoas para ações sustentáveis na gestão de projetos.

Nesse contexto, cabe entender no próximo capítulo os tipos psicológicos que colabora para compreender o perfil da equipe.
Leia o artigo na íntegra

 

Acesse aqui e se inscreva na

Pós-graduação em Gestão de Projetos