O crescimento da sua empresa passa também pela gestão eficiente da TI

Comunicação Ietec

85% das empresas adotam as melhores práticas de TI em seus negócios. É o que aponta pesquisa realizada pelo itSMF, com CIOs, diretores e gerentes de grandes empresas, órgãos governamentais, bancos e seguradoras, num total de 200 empresas e instituições.

O resultado da pesquisa mostra uma forte tendência das grandes empresas em transformar a TI em ferramenta estratégica para a qualidade e rentabilidade de seus produtos e serviços. Há três anos, apenas 18% adotavam disciplinas de gerenciamento de serviços de TI.
 
Outro estudo, desta vez da Forrest Research, mostra que as empresas que empregam as melhores práticas em TI possuem performance até 3,5 vezes maior se comparadas às concorrentes. Eficiência que é resultado de posicionamento empresarial, mas, sobretudo, da qualidade técnica e gerencial de seus colaboradores. Neste cenário, surge o Analista de Negócios da Informação, profissional capaz de alinhar negócios e tecnologia, por meio da implementação avançada de metodologias da área de TI.
 
A importância deste profissional para as empresas se traduz nos números da pesquisa itSMF: 84% das empresas contratam treinamento especializado para a capacitação de seus profissionais. Uma forma que as empresas encontraram para corrigir um antigo desalinhamento entre negócios e TI.
 
“O distanciamento histórico entre as áreas de negócios e tecnologia levou muitas empresas a perderem oportunidades de otimizar os resultados dos seus investimentos no setor. Coube, portanto, a gestão das grandes empresas rever o posicionamento destas áreas”, explica Francisco da Piedade Amaral, consultor executivo em TI e instrutor do Ietec.
 
“É importante que as empresas ampliem a visão sobre a atuação do profissional de TI. Mas é imprescindível que a organização também se reposicione e que as devidas adaptações sejam implementadas”, afirma o analista de negócios da Way TV, Felipe Santos.
 
Valéria Schaefer, analista de sistema da Novelis do Brasil, complementa: “É necessário que gestores de pequenas e grandes empresas discutam sobre as oportunidades que a TI tem a oferecer aos seus negócios e reconhecê-la como ferramenta estratégica”, recomenda.

A mudança já está acontecendo. O perfil ideal do profissional de TI agrega outros conhecimentos como o ambiente de negócios e técnicas de modelagem de negócios. “Os profissionais com alta vivência na empresa e em seus processos estão sendo reciclados com as informações sobre sua estratégia e cultura para atuar como Analistas de Negócios e apoiar as áreas da empresa na busca de soluções de tecnologia”, garante Francisco Amaral.